Endodontia (tratamento de canal)

Endodontia é a especialidade que tem como objetivo a prevenção e cura das alterações da polpa dental. A polpa dental é o tecido localizado no interior do dente (canal) e é composta basicamente por nervos e vasos sanguíneos.

A cárie é a causa mais comum de envolvimento pulpar, que também pode ocorrer devido a traumatismos dentários, fraturas dentárias, lesões endo-periodontais, indicação protética, abrasões dentárias, entre outras.

Quais OS SINTOMAS?

Um dos principais sintomas é a dor aguda, geralmente latejante, que pode piorar com frio e/ou com calor. Pode também haver dor ao mastigar e a sensação de “dente crescido”. Nos estágios mais graves, há possibilidade de edema (inchaço) no rosto e febre. Porém, há casos onde não aparecem sintomas, portanto visitas freqüentes ao Dentista são necessárias para prevenir problemas endodônticos e/ou diagnosticá-los no início, quando é o período mais indicado para o tratamento. O Endodontista é o profissional mais indicado para o diagnóstico preciso e o tratamento mais eficaz da dor e da infecção, restabelecendo assim a saúde bucal.

O TRATAMENTO

O tratamento endodôntico (tratamento de canal) consiste na remoção da polpa dental doente e preenchimento deste espaço por um material obturador. Após a conclusão do tratamento endodôntico, é necessária a restauração definitiva da coroa do dente. É muito importante o controle radiográfico, que deve ser realizado em um intervalo de aproximadamente seis meses. O tratamento não é dolorido, pois a anestesia impede que o paciente sinta dor.